terça-feira, 29 de junho de 2010

Em breve! Documentário: a maldição do dízimo.


Fiquem de olho no blog A última hora, em breve postaremos subsequentes

estudos sobre a maior maldição colocada sobre os ombros dos seguidores

de Jesus desde a queda da igreja com o imperador Constantino: o dízimo.


Por: Uchiha Madara

Eu odeio a teologia da prosperidade

“Eu não o que você sente em relação a teologia da prosperidade, mas vou lhe dizer que sinto: ódio! Isso não é evangelho. E está sendo exportado desse país (EUA) para a Ásia e a África...”.
Assita esse vídeo e reflita sobre o que você tem acreditado.


John Piper.
video

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Rússia também quer liderar a nova ordem mundial



O presidente russo Dmitry Medvedev afirmou que Moscou estaria se oferecendo para ajudar a liderar os esforços para construir uma nova ordem econômica mundial depois que o sistema antigo desmoronou diante da
crise financeira global.

Abrindo o fórum anual econômico da Rússia em São Petersburgo, onde se
reuniram centenas de diretores executivos globais , Medvedev disse que o
renovado interesse na Rússia neste ano era um sinal de um mundo em
mudança, em que as instituições de uma ordem mundial dominada pelo
ocidente está seus dias contados em meio a milhares de inadimplências de
empresas e a ameaça de inadimplência de países inteiros.

"O que parecia intocável entrou em colapso. As bolhas que criavam a
ilusão de que as economias prosperavam explodiram", disse Medvedev.
"Para a Rússia esta situação é um desafio e uma oportunidade. Estamos
vivendo um momento único. E devemos utilizá-lo para construir uma Rússia
moderna, próspera e forte... que será uma co-fundadora da nova ordem
econômica mundial e uma participante de pleno direito na liderança
política coletiva do mundo pós-crise."

Presidente hugo chavez denuncia o terremoto no Haiti (Projeto HAARP)

video

Cientistas da Nasa descobrem possiblidade de vida em Saturno


Pesquisadores identificaram hidrocarboneto líquido em um dos lagos da lua। (Foto: Reprodução/ Nasa)

A conclusão partiu do questionamento sobre a variação na quantidade de hidrogênio e acetileno em Titan, que poderiam estar sendo consumidos por organismos vivos. Um dos estudos mostrou que moléculas de hidrogênio da atmosfera da lua estavam sumindo quando chegavam à superfície.

Outra pesquisa mapeou os focos de hidrocarbonetos na região e descobriu "buracos" na quantidade de acetileno. Segundo os cientistas, as substâncias serviriam de alimento.

De acordo com os pesquisadores, se a hipótese for confirmada, ela representaria uma segunda forma de vida no universo, independente da ingestão de água, como é na Terra. A partir de análises de lagos observados na lua de Saturno, os cientistas concluíram que pelo menos um deles contém hidrocarboneto na forma líquida. O resultado tornaria Titan o único local no sistema solar, além da Terra, a ter líquido em sua superfície, dizem os pesquisadores.


Fonte: G1

Verdade sobre ETs será revelada em breve, diz cientista


De acordo com o físico Stanton Friedman, governos encobrem a existência de extraterrestres. O cientista diz que a "verdade" sobre os ETs será revelada em breve e caso se tornará "Watergate cósmico".

O físico Stanton Friedman, que trabalhou por décadas em desenvolvimento de foguetes para algumas das maiores agências espaciais do planeta, diz que os alienígenas existem, estão nos visitando há muito tempo e que essa verdade será revelada em breve. "Alguns óvnis são espaçonaves inteligentemente controladas extraterrestremente, e essa é a maior história do milênio. (...) Estou convencido de que estamos lidando com um Watergate cósmico", diz Friedman. As informações são do Live Science.

Friedman afirma que há duas razões principais para que as fortes evidências de aliens não sejam conhecidas melhor. A primeira seria uma suposta grande conspiração que perdura décadas e que envolveria oficiais de alto escalão. De acordo com ele, a outra é que cientistas que podem exibir essas evidências estão com medo, não apenas daqueles que participam da suposta conspiração, mas também de admitir que a ciência estava errada.

Por outro lado, o físico diz acreditar que a verdade sobre os óvnis será revelada em breve. "Eu continuo otimista, antes de morrer, e eu tenho 75 anos, eu vou pegar pelo menos uma parte dessa história, de que não estamos sozinhos no universo", diz o pesquisador.

Friedman se junta a um grupo de cientistas e famosos que está convencido de que existe vida extraterrestre inteligente e que está já chegou até nós.

Junto com o físico, está o astronauta Edgar Mitchell, que participou do programa Apollo, que também afirma que os aparecimentos de ETs é escondida pelos governos (o próprio Mitchell disse nunca ter visto um óvni, mas acredita no alien de 1947 em Roswell, no Novo México).

Segundo a reportagem, outro defensor de que os ETs existem é o psiquiatra John Mack, ex-professor da Universidade de Harvard, que passou anos estudando pessoas que dizem ter sido abduzidas, sondadas e sofrido experimentos de aliens.


Fonte: Notíciais Terra

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Tempestade solar pode atingir a Terra em 2013



O calendário maia estava errado - pelo menos é o que dá a entender o alerta da Nasa, a agência espacial dos EUA, sobre uma possível tempestade solar que pode ser devastadora. O apregoado fim mundo, portanto, pode ser em maio de 2013 - e não em 2012, como previa a antiga civilização.

Caso a previsão dos cientistas da Nasa se confirme, o vento solar prejudicá os sistemas de telecomunicação como televisão e a internet e a energia, com efeitos 20 vezes mais intensos do que provocou o furacão Katrina.

Apesar da distância do Sol da Terra, cerca de 150 milhões de quilômetros, os pesquisadores da Nasa estão preocupados com essa grande tempestade solar. Isso porque, de acordo com estudos, o Sol está cada vez ativo. No futuro, se essa atividade continuar aumentando, as pessoas serão afetadas pelas tempestades solares da mesma maneira que são pelo clima da Terra.

Em 1859, ocorreu uma tempestade geomagnética do tamanho da prevista para 2013. Conhecida como "Evento Carrington", por ser testemunhado pelo astrônomo Richard Carrington, a tempestade causou incêndios em escritórios de telégrafos, eletrificou cabos de transmissão e produziu auroras boreais intensas.

Se o mesmo ocorrer, seriam necessários entre quatro e dez anos para reparar os danos causados pela atividade do Sol. Mas a Nasa acredita que os danos podem ser menores, se os pesquisadores conseguirem prever com mais exatidão ainda a chegada de uma tempestade. Assim, as empresas de telecomunicação e ligadas à energia elétrica poderiam se precaver protegendo seus instrumentos.

As sondas espaciais Stereo, ACE e SDO transmitem a cada minuto informações atualizadas sobre o que acontece com o Sol. Isso permite que os pesquisadores monitorem e analisem as erupções solares permanentemente. Então, por enquanto, não há motivo para desespero.

Fonte: Yahoo

Nasa: poderosa chuva de meteoros pode atingir a Terra em 2011



A Nasa - agência espacial americana - começou a avaliar os riscos para satélites e naves espaciais em órbita da Terra, como a Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), devido a uma poderosa chuva de meteoros que deve atingir o planeta em 8 de outubro de 2011. O fenômeno ocorre no outono do hemisfério norte, vai durar sete horas e deverá ser especialmente violento.

A Nasa pode, inclusive, redirecionar a ISS. William Cooke, do Marshall Space Flight Center (Huntsville, Alabama), ligado à agência espacial, disse que os especialistas preveem uma grande chuva e esperam um pico de várias centenas de meteoros por hora.

Duas outras chuvas fortes ocorreram em 1985 e 1998, mas não causaram problemas nos satélites e naves em órbita. Desta vez, a probabilidade de problemas também não é alta. No entanto, Cooke diz que a prevenção é importante e que a próxima tempestade não deve ser ignorada.

Segundo Cooke, a ISS tem um escudo contra as rochas do espaço e, se necessário, pode ser redirecionada. O mesmo se aplica ao telescópio Hubble. O cientista incentiva programadores a determinar se é necessário preparar estratégias de defesa. "Se um meteoro esporádico atinge você, é má sorte. Se isso ocorre durante uma chuva de meteoros, é negligência", diz o cientista.

Fonte: Terra

Maçonaria na bola da copa?




“A maioria dos maçons não sabe o que esperar no caminho dos segredos. Talvez a maior parte não esteja realmente desapontada, visto que a maioria deles juntou-se à Loja pelas razões mais superficiais: prosseguir e entrar no Templo (onde estão todos os convites), ou por uma carreira profissional posterior. Contudo, se você freqüenta as reuniões da Loja Azul por tempo suficiente (geralmente umas duas semanas bastam), aprende que há graus mais elevados que o Mestre Maçom pode atingir.
Esses graus prosseguem em uma das duas formas da franco-maçonaria americana. Geralmente, um dos seus irmãos maçons irá encorajá-lo a unir-se ou ao Rito de York ou ao Rito Escocês. Aqui, dizem-lhe, você aprenderá segredos realmente valiosos. Essa é a "vara e anzol", visto que estes graus mais altos invariavelmente custam mais dinheiro. O custo por grau é menor, mas ambas as confluências na estrada da franco-maçonaria podem levar o maçom muitas centenas de dólares além do que ele já tinha pago.
Caso se perceba que o novo Mestre Maçom é cristão, provavelmente será direcionado ao Rito de York, visto que tem os "graus cristãos". Se for um maçom mais secular, ou talvez um pouco apressado, ele é aconselhado a seguir o Rito Escocês, que lhe projeta através dos vinte e nove graus num par de fins-de-semana, e o habilita a ir em frente e integrar-se ao Santuário (organização para-maçônica norte-americana). O Santuário é ainda mais caro, mas é a parte "divertida" da maçonaria, dizem-nos. Permite-se aos homens embebedarem-se lá, e circularem com uns carrinhos divertidos em desfiles – espera-se que não ao mesmo tempo! Nestes dois "corpos superiores", o conteúdo dos segredos maçônicos começa a tomar um tom mais solene. No Rito de York, em especial, o candidato maçônico percebe que ele está passando a adquirir conhecimento de uma natureza profundamente mística. Ele aprenderá o nome verdadeiro de Deus! Essa é supostamente a "Palavra do Mestre" que foi perdida para sempre, mas que é milagrosamente recuperada quatro graus (e duzentos dólares) depois. Isso deveria ser excitante para quase todos, inclusive para o maçom que está dentro só por causa dos convites ou da influência.
No grau do Real Arco, a peça fundamental do Rito de York, o candidato é conduzido através de um drama no qual ele supostamente adentra a câmara sob as ruínas do Templo do Rei Salomão durante o tempo do retorno dos israelitas do exílio babilônico. Dentro dessa câmara, ele e dois companheiros descobrem a Arca perdida da Aliança. No topo da Arca está uma prancha dourada sobre a qual está gravado "Grande Santa Palavra do Real Arco".3 Isso está escrito em um alfabeto com cifras arcanas que o candidato não consegue ler. Dizem-lhe que é o nome de Deus em três línguas. Sob o "Real Arco", uma posição especial envolvendo três "companheiros" do Real Arco, essa palavra é comunicada como o nome inefável de Deus – perdido com a morte do Grande Mestre Hiram Abif no terceiro grau, mas agora restaurada no grau do Real Arco.
O nome fornecido é JA-BUL-ON. O Sumo Sacerdote do Real Arco diz que este é "o Logos divino, ou 'Verbo', mencionado em João 1:1-5." Esse nome estranho supostamente é o nome verdadeiro da deidade da franco-maçonaria, finalmente revelado! É tão "sagrado" que só pode ser revelado na presença de três maçons do Real Arco, ajoelhado sob o Real Arco formado pelas suas mãos que se alcançam mutuamente! Este é um assunto denso”.

Trecho retirado do livro: maçonaria, do outro lado da luz, de William Schnoebelen: Págs., 37,38,39.

A bola da copa do mundo 2010 realizada na África do sul chama-se Jabulani. Coincidência?


Por Uchiha Madara (f)

sábado, 19 de junho de 2010

Algumas coisas nunca mudam!



É bom sempre lembrarmos quem foi esse Yaohushua (Jesus), do qual muitos dizem ser seguidores, repetindo e tagarelando o seu nome todo dia, porém quase nada que realmente seja relacionado á sua pessoa é visto nessas casas de macumba, (ou magia branca) que na cultura popular ganha o nome de igrejas.

O messias veio para dar continuidade (encerrar o primeiro pacto) ao que seu pai (Yaohu) já havia feito na terra, em especial no seio de um povo de cultura semita (Yaohudim) localizada no oriente médio de longitude e latitude em 30°.

Acredita-se que em sua infância e juventude nada de mais notava-se em seu seio familiar e social, havia portanto uma contínua harmonia com relação aos costumes e crenças praticadas pela religião formal: o judaísmo. Entretanto, os “distúrbios” e “desvios” começaram á ser notados quando o período da idade adulta chegou, pela classificação judaica esse período corresponde aos trinta anos de idade. Deste período em diante fala-se teologicamente que o messias iniciou seu ministério terreno, passou portanto á difundir suas idéias, demonstrá-las aos seus; ora por meio de histórias com exemplos retirados do cotidiano local, as tais chamadas parábolas; ora com exposições orais diretas, os sermões; onde em sua maioria eram marcantes a oposição á estrutura religiosa estabelecida, tanto pela tradição quanto pela norma escrita (textos escritos em pergaminhos de couro de animais, em peças de argila e em cascas de árvores constituindo a lei Mosaica e os textos dos antigos profetas).

Estes “distúrbios”, por fim foram vistos como objetos de subversão aos olhos da classe detentora do poder ideológico social, eram esses divididos basicamente em quatro grupos principais os fariseus (do latim pharisaeus e do hebraico prushim), os saduceus (do hebraico bnê Sadôq, os filhos de sadoc), os essênios e os zelotes. Aqui eu abro um parêntese para dialogar um pouco com o que escreveu a antropóloga inglesa Mary Douglas, em seu livro Pureza e perigo, acerca dos indivíduos inseridos no meio social mas que não possuem uma classificação determinada ela escreveu: “Primeiramente considere-se as crenças sobre pessoas em situação marginal. Estas são pessoas que estão de algum modo excluídas do padrão social, que estão deslocadas. Podem não estar fazendo nada de moralmente errado, mas seu status é de indefinido”. E em outra parte ela complementa: “O perigo está no estados de transição, porque simplesmente a transição não é nem o estado anterior nem o seguinte”. Ora, não seria de fato este o caso do Nazareno? Um indivíduo que sempre pertenceu ao círculo social com o status definido, de coerência para com suas crenças nativas; era ele mais um yaohudim que veio da tribo de Judá e que todavia agora atestava á si próprio os dons de cura, profecia, e principalmente: dizia ser ele e o eterno Deus criador do universo (Yaohu) a mesma pessoa. Para uma análise psicológica casual não nos espantaria o diagnóstico de um surto psicótico ou desvio de identidade bipolar. Porém este tipo não era dos podiam ser vencidos facilmente, seu poder de influência era por demais notado, o alastramento de suas idéias e de seus feitos milagrosos espalhava-se cada vez mais, ao ponto de multidões o seguirem.

Yaohushua foi morto, antes de tudo no que diz respeito aos efeitos sociais que sua presença causou dentro dos israelitas, porque seus status social estava firmado como desviante, violador do sistema religioso formal e oficial.

O mundo se transforma, as inovações tecnológicas aparecem, os costumes culturais se modificam, mas... será que o sistema religioso mudou?




Os saduceus esperavam um messias que fosse um legítimo sacerdote, que cultuasse os objetos sagrados, que estabelecesse e seguisse os rituais de culto e amasse o templo. (hoje os religiosos ensinam que a igreja (instituição) é a casa de Deus)

Os fariseus esperavam um messias que fosse legalista igual á eles, que tivesse a doentia mentalidade de criar regras em cima de regras para que as regras originais fossem cumpridas.
(hoje os religiosos dizem que para ser salvo, o crente deve seguir á risca as regras e doutrinas da denominação, jamais questionar, jamais refletir; sempre se submeter)

Os essênios eram o circuito anderground, se isolavam, se vestiam diferente, tinham uma gastronomia diferenciada, tudo para não juntarem ao clero decadente judeu (principalmente no período de domínio romano). Eles esperavam um messias que fosse totalmente separado, que não interagisse com o mundo, que não se reportasse á nenhum samaritano, que não interagisse com nenhuma prostituta e não se assentasse com nenhum publicano e pecadores de um modo geral.
(hoje os religiosos ensinam que os crentes não devem se contaminar com o mundo (o ambiente externo ás paredes religiosas das igrejas), não devem “se assentar na roda dos escarnecedores”, não devem namorar jovens que não pertencem á mesma religião, com o argumento do “julgo desigual”.

Os zelotes, eram um grupo militar, tinham como sonho a independência dos yaohudim com relação aos povos que sempre os tiveram em cativeiro (assírios, babilônicos, egípcios e romanos). Sacar a espada e ter um discurso militarizado era o forte dos zelotes, desse modo esperavam um messias que fosse um general de guerra, a própria encarnação do antigo “senhor dos exércitos”; que punisse os ímpios e declarasse guerra aos infiéis.
(hoje os religiosos descriminam, anatematizam e combatem todos os que não pertencem á uma instituição religiosa, aos que não se submetem ao seu poderio, aos que possuem a coragem e vigor de espírito para dizerem não á igreja institucional criada pelo deus sol do imperador constantino (A MÃE DE TODAS AS ABOMINAÇÕES – Apocalipse 17.5).

Os inimigos do mestre o mataram fisicamente no passado, hoje eles matam aquilo que ele realizou na cruz: a graça, o novo e vivo caminho, a anulação do sacerdócio mediador humano, os rituais e cerimônias religiosas, a derrubada do templo físico de tijolos e o levantamento do único templo verdadeiro; o próprio corpo humano. Após a morte e ressurreição do mestre, o seu evangelho se espalhou de forma intensa e avassaladora, chegando ao ponto do imperador Herodes Antipas criar uma sociedade secreta para abafar os seguidores de Jesus; o rei Herodes prometeu vingança: ...”Nós o crucificamos, ele morreu e o enterramos, deixando guardas que vigiaram o seu túmulo. Porém alega-se que ele se levantou, ressuscitou!... Ele desapareceu de maneira desconhecida, apesar da zelosa vigilância e da segurança da tampa da tumba. . . Quantos homens, quantas
mulheres, quantos homens, quantas famílias inteiras abandonaram a religião Judaica de modo a seguirem esses impostores, partidários de Jesus... Os nossos pais os atacaram, e nós não cansaremos de atacá-los (os seguidores de Jesus)” ¹.

Será que quando Yaohushua retornar á terra pela segunda negará também o sistema religioso atual? Pelo que conhecemos dele, não só negará, mas o destruirá! O plano divino para a salvação á fundamentado no amor, mas o plano humano é fundamentado na fidelidade religiosa

O príncipe deste mundo é também o chefe do sistema que matou Yaohushua (Jesus), naquela época alguns creram em Jesus e outros não; preferiram ficar agarrados ao sistema religioso: e você? De que lado vai ficar? Não dá para servir á dois senhores! (Mateus 6; 24).

Quanto mais parecidos com Yaohushua formos, mais parecido será também o nosso final, creia nisso!


¹ “A dissipação da escuridão”, a Origem da Maçonaria (The Dissipation of the Darkness, the
Origin of Masonry), (páginas 45-47).

Por: Uchiha Madara (F)